caedjus.com

Guia essencial sobre como escrever um resumo acadêmico

Escrever resumos para publicação em revistas ou apresentação em eventos é um grande desafio acadêmico.

O mundo acadêmico exige qualidade e agilidade nos objetivos a serem conquistados.

Sem dúvida, os títulos e os resumos de artigos científicos são os itens mais lidos. Com as informações certas à disposição, o leitor poderá saber qual o objetivo do artigo e se ele será útil na sua atual pesquisa bibliográfica.

Por isso, o resumo deve apresentar os elementos corretos a fim de dar ao leitor o que ele precisa antes de ler um artigo, por exemplo. Resumos bem estruturados não chamarão atenção somente de eventuais pesquisadores, mas também de avaliadores em processos seletivos, pois estes poderão perceber a qualidade técnica do autor do artigo de maneira mais célere e assim farão uma análise mais apurada em busca do que procuram.

Por isso, hoje o CAED-Jus lhe disponibiliza um guia sobre como escrever resumos acadêmicos. Aproveite, pois trata-se de uma estratégia importante para você ser mais achado, lido e citado.

 

ANTES DE COMEÇAR, O QUE VOCÊ PRECISA SABER?

 

AFINAL, O QUE SÃO RESUMOS?

Segundo a NBR 6028 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que é um órgão privado e sem fins-lucrativos que se destina a padronizar as técnicas de produção feitas no país, os resumos são a “apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento”.

Dentre os tipos de resumo existem:

1) resumo crítico: Resumo redigido por especialistas com análise crítica de um documento. Também chamado de resenha. Quando analisa apenas uma determinada edição entre várias, denomina-se recensão.

2) resumo indicativo: Indica apenas os pontos principais do documento, não apresentando dados qualitativos, quantitativos etc. De modo geral, não dispensa a consulta ao original.

3) resumo informativo: Informa ao leitor finalidades, metodologia, resultados e conclusões do documento, de tal forma que este possa, inclusive, dispensar a consulta ao original.

 

ESTRATÉGIAS DE APRESENTAÇÃO DOS RESUMOS (SEGUNDO A NBR 6028)

 

O resumo deve ressaltar:

1) o objetivo: são as intenções propostas pelo pesquisador e as possibilidades de obtenção de resultados mediante o trabalho realizado

2) o método: são a maneira ou o conjunto de regras básicas empregadas em uma investigação científica com o intuito de obter resultados confiáveis e alcançar os objetivos.

3) os resultados: são os dados obtidos a partir do método empregado.

4) as conclusões ou considerações finais: são obtidas após a análise crítica dos resultados, levando em conta os seus objetivos, corroborando ou não sua hipótese de pesquisa.

 

Outro detalhe importante é que o resumo deve ser composto de uma sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos. Recomenda-se o uso de parágrafo único.

 

Outras dicas dadas pela NBR 6028 são:

1)A primeira frase do resumo deve ser significativa, explicando o tema principal do documento;

2)A seguir, deve-se indicar a informação sobre a categoria do tratamento (memória, estudo de caso, análise da situação etc.).

3)Deve-se usar o verbo na voz ativa (o sujeito pratica a ação expressa pelo verbo) e na terceira pessoa do singular (ex: O autor obteve os resultados).

4)As palavras-chave (Palavra representativa do conteúdo do documento, escolhida). devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão ‘Palavras-chave:’, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto.

 

O último ponto da apresentação, e de extrema importância, é quanto a sua extensão os resumos devem ter:

1)de 150 a 500 palavras os de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros) e relatórios técnico-cientifícos;

2)de 100 a 250 palavras os de artigos de periódicos;

3)de 50 a 100 palavras os destinados a indicações breves.

 

OBS: Os resumos críticos, por suas características especiais, não estão sujeitos a limite de palavras.

 

Ok… falamos bastante sobre a parte técnica de um resumo científico.. Mas, como vou conseguir fazer tudo isso se nem sei por onde começar? É para isso que nós estamos aqui. Vamos colocar o que foi dito acima em prática.

GUIA ESSENCIAL DE RESUMOS ACADÊMICOS

 

#1 NÃO COMECE PELO FIM

O resumo não é a primeira coisa que você vai escrever quando estiver confeccionando o seu artigo científico.

É preciso que você realize toda a construção do seu pensamento, faça todas as leituras pertinentes e as eventuais análises críticas necessárias para poder estruturar todo o desenvolvimento do seu artigo, definindo muito bem quais os pontos relevantes e os argumentos abordados.

Só depois de tudo isso você terá condições de esquematizar um resumo que sintetize todos os elementos que você já escreveu.

Se fizer o resumo antes de tudo, é provável que as partes do texto não conservem a coesão e que elementos importantes ficarão para trás. Por isso, sugerimos que o resumo seja última coisa.

#2 DEFINA A NATUREZA DO SEU RESUMO

Essa certeza é importante para que você defina a lógica da redação empregada na construção do resumo.

Um texto informativo deve ter um tom mais neutro, mais aberto a apresentar, da mesma maneira que o resumo indicativo ao pontuar o que é mais importante em um determinado objeto de análise.

Ambos os tipos de resumo se diferenciam de um com teor crítico, tendo em vista este analisar as bases argumentativas e científicas de um determinado objeto de estudo.

Os critérios metodológicos aplicados a este tipo de resumo são bem mais rigorosos do que o informativo e o indicativo, exigindo certo grau de profundidade teórica e prática.

 

#3 O OBJETIVO

Como já dito, o objetivo é aquilo que se quer alcançar ao fim do trabalho. Por esta razão, é um dos elementos essenciais em qualquer pesquisa científica.

O objetivo geral é aquele que dá o direcionamento, define para que lugar o seu trabalho vai. Os objetivos específicos especificam por que vias você fará o caminho do objetivo geral.

Pense neles como um trem: o objetivo geral define em que direção o trem vai. Os objetivos específicos definem por quais trilhos exatamente o trem vai seguir em direção ao objetivo geral.

Ambos os objetivos devem estar presentes no resumo, mas de forma sintetizada. Defina o objetivo do seu artigo em uma ou duas sentenças, começando pelo objetivo geral e pontuando alguns elementos essenciais dos objetivos específicos.

#4 O MÉTODO

Nesse ponto da elaboração resumo, você já definiu a natureza dele, bem como os objetivos gerais e específicos do seu trabalho. A metodologia define como os objetivos serão alcançados.

Pensemos de novo no exemplo do trem: já sabemos para onde ele vai e em qual trilho. Agora temos que saber que tipo de tecnologia ele vai usar: o trem se deslocará por força magnética? Ainda utilizará vapor ou carvão?

Essas analogias nos ajudam a compreender que tipo de técnicas serão utilizadas para que a nossa pesquisa possa chegar aonde objetiva, devendo apresentar todos estes detalhes no resumo.

Sintetize a metodologia três sentenças, definindo bem as partes:

Primeira parte: a natureza da metodologia empregada (qualitativa, quantitativa, revisão bibliográfica e etc);

Segunda parte: a denominação da metodologia empregada deverá ser exposto o objeto da de análise;

Terceira parte: deverá delimitar os recortes através de critérios temporais, geográficos e etc, e as técnicas de pesquisa utilizadas.

 

Montamos um exemplo para ajudar

 

#5 OS RESULTADOS

Os resultados devem ser apresentados de forma direta, podendo ser utilizada uma frase introdutória simples como “os resultados encontrados são…” ou “como resultados, observamos…”.

Deve-se sintetizar os mesmos em cerca de três sentenças, abrangendo os resultados mais importante à compreensão da pesquisa.

Um detalhe importante é que a exposição dos resultados deve ser feita em forma de texto. Mesmo que todo seu trabalho seja estruturado em tabelas, por exemplo, estes elementos gráficos não devem ser inseridos no resumo. Lembre-se: o resumo ser limita a um pequeno parágrafo expositivo.

 

#6 AS CONCLUSÕES

A esta altura, o seu resumo já contém todos os elementos necessários e importantes para sintetizar sua pesquisa científica.

A conclusão fechará com chave de ouro o seu trabalho. Nessa seção, você irá expor resultado de sua análise a partir da pesquisa feita, comprovando ou não a sua hipótese.

Seja direto e efetivo na elaboração do texto da conclusão, podendo se prolongar um pouco mais tendo em vista a necessidade ou não de maior detalhamento.

Certifique-se de que objetivo e conclusão combinem. Não há nada mais estranho do que encontrar um manuscrito em que objetivo e conclusão estejam em desacordo, sendo este um item de relevância aos avaliadores de periódicos.

 

#7 A ÚLTIMA DICA: A FRASE INICIAL

Quando seu resumo estiver pronto, você elaborará a frase inicial e principal.

Apesar das normas da ABNT explicitarem que esta frase deve trazer o seu tema, você pode adicionar aí um tom enfático à exposição.

Você pode deixar claro como a sua pesquisa é relevante para a solução de um determinado problema ou para a melhora das condições da sociedade em algum elemento específico e etc.

É nesta frase que você irá segurar no colarinho do leitor e vai puxá-lo para o texto.

 

#8 BÔNUS: AS PALAVRAS-CHAVE

Inclua as palavras-chave (ou descritores) que identifiquem o artigo.

As palavras-chave são utilizadas para a indexação do texto e empregadas nas buscas em bases de dados bibliográficos.

Tente buscam palavras-chave que tenham identificação com o texto, ou seja, termos que, pela leitura, já darão ao leitor a informação que procura sobre o seu trabalho.

 

O RESUMO ESTÁ PRONTO, E AGORA?

 

Tudo pronto, revisado, resumo devidamente estruturado com as nossas dicas?

Seu trabalho não pode ficar engavetado e nem deve ser publicado em uma revista, livro ou apresentado em evento sem relevância. De modo algum!

Não tenham dúvidas de que os eventos do Conselho Internacional de Altos Estudos em Direito (CAED-Jus) podem auxiliar a sua produção acadêmica e dar a oportunidade de ótimas publicações E com visibilidade.

Nós realizamos eventos periódicos com intensa produção e divulgação de pesquisa acadêmica, reunindo pesquisadores e palestrantes de várias partes do Brasil e do mundo. Se você tem vontade de produzir e publicar o seu trabalho (artigo ou resumo) em meio a um grupo de qualidade intelectual ímpar, seu lugar é aqui.

Os eventos do CAED-Jus podem contribuir pelo menos com o seguinte:

1)Membership em associação internacional

2)Apresentação de trabalho em evento

3)Participação em evento

4)Publicação de trabalho como capítulo de livro impresso

 

Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

A propósito, você seguiu essas dicas que falei e deu certo? Compartilhe conosco! Nos avise pelo email [email protected] e vamos conversar…

 

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe em suas redes sociais.

 

Sobre os autores:

Felipe Asensi

Diretor do Instituto Diálogo, Pós-Doutor em Direito pela UERJ, Doutor em Sociologia pelo IESP/UERJ,Mestre em Sociologia pelo IUPERJ,Advogado formado pela UFF, Cientista Social formado pela UERJ, Membro Efetivo do IAB e da Academia Luso-Brasileira de Ciências Jurídicas, Senior Member da Inter-American Bar Association (IABA), Professor da UERJ, UCP, USU e AMBRA College, Autor de 34 livros.

Diego Monnerat

Mestrado em Direito pelo PPGD/UCP como Bolsista CAPES, na linha de pesquisa Fundamentos da Justiça e dos Direitos Humanos/Área de Concentração: Justiça, Processo e Direitos humanos. Graduado em Direito pela Universidade Candido Mendes-Nova Friburgo. Extensão em Direito Médico pela EMERJ. Professor tutor da Universidade Unyleya. Advogado (OAB/RN). Foi membro da Comissão de Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Mossoró/RN.

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

Imagens: Created by Ijeab – Freepik.com
Posted in

CAED-Jus

1 comentário em “Guia essencial sobre como escrever um resumo acadêmico”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.