caedjus.com

Entrevista com Vicente de Paulo Augusto de Oliveira Júnior – Coordenador de GT do CAED-Jus 2021

O entrevistado desta vez é Vicente de Paulo Augusto de Oliveira Júnior

Vicente de Paulo Augusto de Oliveira Júnior é Pós-Doutorando em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR/CE). Doutor em Direito Constitucional Público e Teoria Política e Mestre em Direito nas Relações Privadas, com bolsa PROSUP/CAPES, pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR/CE). Professor do Centro Universitário Fanor Wyden (UniFanor Wyden). Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Direito Administrativo e Tributário (GEPDAT). Avaliador in loco do Ministério da Educação (MEC), aprovado no Edital de nº. 73/2020.

Doutor em Direito Constitucional Público e Teoria Política pela UNIFOR/CE. Professor do Centro Universitário Fanor Wyden (Unifanor wyden). Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Direito Tributário e Administrativo (gepat). Advogado na seara cível sucessória. É também coordenador do GT DIREITO PRIVADO do CAED-Jus 2021.

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Primeiramente, gostaria de agradecer ter sido selecionado para um dos GTs do CAED-JUS, principalmente na seara em que atuo profissionalmente, que é a do Direito Privado. Concluí minha graduação em Direito em 2010, em Fortaleza/CE, pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR/CE) e, após algumas incursões na advocacia, como advogado na seara sucessória, entrei para o Programa de Pós-graduação em Direito (PPGD) da UNIFOR/CE, no curso de Mestrado em Direito Constitucional nas Relações Privadas, inclusive contando com bolsa PROSUP/CAPES. Trabalhei nesse período em diversas pesquisas na seara privada, e, após a conclusão do Mestrado, ingressei no Centro Universitário Fanor Wyden (à época Faculdades Nordeste DeVry Brasil, pertencente ao grupo educacional DeVry) como professor de graduação e pós-graduação. Ao mesmo tempo, atuava na Pós-graduação lato sensu de diversas instituições, dentre as quais a própria UNIFOR/CE, a Estácio, entre outros. Quando surgiu a oportunidade de retornar ao PPGD-UNIFOR, ingressei no doutorado em Direito Constitucional Público e Teoria Política, o qual concluí em 2019 para, em 2020, mesmo com a pandemia do Coronavírus (COVID-19), ingressar como Pós-Doutorando em Direito Constitucional pela mesma instituição. Sigo como advogado sucessório e como professor da UniFanor Wyden, participando de eventos científicos palestrando e com apresentações de trabalhos, bem como publicando em periódicos especializados na área.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAED-Jus?

Os GTs do CAED-Jus, bem como a proposta do evento, sempre direcionada à inovação e aprimoramento, são extremamente relevantes, e permitem que os ouvintes, profissionais e alunos envolvidos possam desenvolver-se em temáticas diferenciadas e contemporâneas. Nesse âmbito, podemos, enquanto Coordenadores de GT, auxiliar nessa empreitada, a qual espero que seja muito bem-sucedida.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

O principal desafio do Direito Privado, contemporaneamente, é lidar com as modificações sociais constantes, o crescimento da informação como elemento diferencial de nossa sociedade e como o Direito, especialmente o Privado, com o Direito Civil, Direito do Trabalho, Direito do Consumidor e Direito Empresarial podem lidar com uma população cada vez mais carente no exercício de seus diretos subjetivos e cuja proteção se faz ainda mais necessária. Para tanto, de forma interdisciplina, o GT de Direito Privado se faz essencial, e pode auxiliar a todos os que o assistirem e participarem de forma efetiva na resolução desses problemas.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que outras dicas você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

A principal dica que posso dar àqueles que querem participar das iniciativas do CAED-Jus é: divirtam-se. A atividade de pesquisa envolve muito esforço, tanto intelectual quanto físico, financeiro, social, entre outros. E isso, por vezes, não é fácil de se lidar ou implementar. O que o CAED-Jus promove, já há muitas edições, é como os textos podem ser divertidos, de fácil leitura e, ao mesmo tempo, com uma qualidade diferencial e com buscas à inovação, principalmente pela abordagem interdisciplinar. Nesse âmbito, busquem temáticas que lhes agradem ou busquem temáticas que lhes incomodem, mas tentem se divertir no processo criativo. A apresentação somente irá enriquecer suas ideias, e pode promover outros trabalhos com temáticas vinculadas ou o desenvolvimento de suas ideias iniciais. Aproveitem a oportunidade, e tenham certeza de que o CAED-Jus está pronto para auxiliá-los nesse âmbito.

 

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

 

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

 

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.