caedjus.com

Entrevista com Geiza Martins Barros – Coordenadora de GT do CAED-Jus 2019

A entrevistada desta vez é Geiza Martins Barros.

Geiza Martins Barros é Doutoranda e Mestre em Ciências pelo Instituto Fernandes Figueira/ FIOCRUZ. Especialista em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Especialista em Enfermagem Neonatal e Pediátrica pela Universidade Estácio de Sá. Cursei (Extensão) Formação em Gênero, Diversidade Sexual e Direitos Humanos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Coordenadora do GT Especial Novo Liceu- Acesso à Justiça e Instituições Jurídicas do CAED-Jus 2019.

 

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Após a graduação me dediquei às especializações, mestrado e agora ao Doutorado. Sou pesquisadora e atuo em orientações de pós-graduandos e grupos de pesquisas específicos. Na Docência, leciono na área de saúde da mulher, criança e adolescente para a pós-graduação. Procuro participar e contribuir com os principais congressos da área desde a graduação. A minha vivência no CAED-JUS já perdura por alguns de seus eventos e, este ano, tive a iniciativa de participar do processo de seleção para a coordenação e obtive êxito na seleção.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAED-Jus?

Desde a minha primeira participação até a atual, a organização e o comprometimento dos membros integrantes do evento sempre foi um dos pontos de grande admiração. Outra característica que merece destaque, é a seleção dos assuntos que permeiam as propostas de trabalhos, uma vez que, todas as áreas do conhecimento humano possuem potencial de integração, visto que, tratam-se te temáticas inerentes a vida humana em dimensões gerais com o arcabouço do Direito.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

A temática do meu GT (GT Especial Novo Liceu- Acesso à Justiça e Instituições Jurídicas) é ampla e permeada por questões que ancoram o acesso à Justiça. O pensamento crítico e coeso entre eixos estruturantes de um sistema estatal, é sem dúvida, um objeto de grande relevância e desafio. Os valores e direitos fundamentais e humanos devem coexistir no tocante do acesso a Justiça/Justiça Social e as Instituições Jurídicas.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que dica final você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

A dica mais importante é acreditar em seu potencial e unir-se a um dos Congressos de maior relevância na área do conhecimento científico baseado nas melhores evidências. No que refere a produção de textos de qualidade e inovadores, é necessário um olhar perpassante as inúmeras dimensões da vida humana e o entendimento de suas interações e articulações.

 

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

 

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

 

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.