caedjus.com

Entrevista com Angelica Denise Klein – Coordenadora de GT do CAED-Jus 2021

A entrevistada desta vez é Angelica Denise Klein

Angelica Denise Klein é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social (Universidade Feevale), Mestra em Direito (UNISC), Especialista em Direito Previdenciário (IDC), Especialista em Relações Internacionais e Diplomacia (UNISINOS), Especialista em Direito Administrativo (FACULESTE). Advogada e pesquisadora das áreas de sociologia jurídica e políticas públicas.

É pesquisadora na busca por um cenário sociológico e juridico mais justo e equânime. É também Coordenadora do GT TRABALHO E SEGURIDADE SOCIAL do CAED-Jus 2021.

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Sou advogada há dez anos e, durante toda a minha trajetória associei os estudos à prática (ou talvez a prática aos estudos) numa tentativa de buscar além do óbvio, da aparência. Este olhar que me instiga também me aponta inúmeros desafios, pois (con)viver numa sociedade com diferenças sociais e de gênero exorbitantes impõe lapidar o olhar e a leitura para pontos que se mostram deficitários e, a partir daí, posicionar as lentes para questões sociais que envolvem uma gama de direitos e deveres.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAED-Jus?

O formato online, que possibilita abranger uma gama exponencial de estudiosos, os quais se dedicam à pesquisa acadêmica e cientifica. A atenção dada pelo CAED-Jus é extremamente acolhedora, na medida em que possibilita que os acadêmicos e cientistas discorram sobre uma variedade de temas contemporâneos, os quais permitem fomentar um debate rico em elementos.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

O principal desafio é a extensa variedade de questões que a seguridade social e o trabalho envolvem. Acolher toda a cadeia de direitos e deveres inscritos nos artigos 6º e 7º da CRFB impõe ao Coordenador um amplo conhecimento técnico, acadêmico e científico, porquanto os textos envolvem desde questões atuais (como COVID, p.ex.) até regime previdenciário do MERCOSUL, Convenções, Violência ao gênero, educação e acessibilidade, entre outros.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que outras dicas você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

Estamos vivendo momentos de extrema tristeza devido ao agravamento da pandemia do COVID19, de forma que o Brasil se tornou o epicentro da contaminação. Manter a cabeça erguida e a fé é extremamente importante neste momento. Cabeça erguida para continuar persistindo na pesquisa, a qual foi a responsável pelo desenvolvimento das vacinas e, por tal motivo, merece aplausos e muito respeito. Manter a fé para encarar todas as perdas e acreditar que, em breve, estaremos todos bem.

A minha dica para este momento tão sensível e dolorido é continuar confiando, projetando e rascunhando escrito que, em breve, poderão ser a chave de outras pesquisas. Então! Persista, vá em frente com a produção de textos, atentando para o contexto atual e buscando informações em sites de informações verdadeiras, com estatísticas que demonstrem a questão sem pairar nenhuma dúvida.

 

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

 

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

 

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.