caedjus.com

Entrevista com Alessandra Freire Magalhães de Campos – Coordenadora de GT do CAED-Jus 2022

A entrevistada desta vez é Alessandra Freire Magalhães de Campos

 

Alessandra Freire Magalhães de Campos é doutoranda em Educação na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestra em Educação pela Universidade Católica de Brasília (UCB), com MBA em Empreendedorismo e Desenvolvimento de Novos Negócios pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e MBA em Planejamento e Gestão Educacional pela UCB. Especialista em Gestão Educacional, Orientação e Supervisão e em Gestão de Recursos Humanos. Graduada em Letras, pela Universidade de Brasília (UnB), e em Pedagogia, pela Unicesumar. Tem formação em Mediação Escolar pela Universidade Lusófona do Porto. Atualmente, é Membro do Grupo de Pesquisa Políticas Federais de Educação da UCB/CNPq, consultora educacional, formadora de equipes escolares e professora universitária em cursos de graduação e pós-graduação.

Participou de intercâmbios com gestores na Finlândia, Alemanha, Portugal, Equador, Panamá e pelo Brasil. Atuou como organizadora do livro Desafios Atuais da Educação, da Editora Pembroke Collins. É também coordenadora do GT Especial – Visões Contemporâneas sobre Educação do CAED-Jus 2022.

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Há 30 anos escolhi a área educacional como trajetória de vida, com o propósito de contribuir para uma educação de qualidade e transformadora de pessoas e da sociedade. Desafios e projetos com propósito instigam meu compromisso e mobilizam minha energia e entusiasmo para abraçar novas perspectivas profissionais e acadêmicas. Por isso, sinto-me extremamente honrada em participar e contribuir com o CAED-Jus por meio da coordenação no GT Especial – Visões Contemporâneas sobre Educação juntamente com mais quatro competentes e generosas colegas.

2) O que mais lhe chamou a atenção no CAED-Jus?

O CAED-Jus destaca-se pela qualidade das temáticas abordadas, pelo alto nível dos debates, palestras e publicações que promove, e pelo enfoque inovador e multidisciplinar de seu evento. Englobando diferentes áreas do conhecimento e envolvendo pesquisadores e profissionais do Brasil e do exterior, o CAED-Jus constrói uma rede potente e colaborativa, tecida a partir da valorização da pesquisa acadêmica, da reunião de múltiplas abordagens científicas e do alcance a diversas instituições e profissionais.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

O cenário do mundo contemporâneo é caracterizado por grande volatilidade e incertezas, sendo marcado por mudanças cada vez mais rápidas e complexas. Tal contexto demanda aprendizado contínuo por parte de indivíduos e instituições e o intercâmbio entre diferentes campos do saber. Assim, penso que a educação, pilar do nosso GT é fundamental para a abordagem interdisciplinar do direito. Avançar no sentido da produção e divulgação do conhecimento científico na área certamente ajudará na compreensão de questões sociais, políticas e culturais que envolvem essas áreas.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que outras dicas você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

Para produzir um texto inovador, sugiro acompanhar autores e pesquisadores que têm se destacado no campo é uma boa forma de conhecer ideias e experiências que enriquecem a prática e ampliam o repertório acadêmico. Além disso, perceber as tendências no campo educacional e os desafios que afetam a área abrem importantes possibilidades para que contribuições sejam agregadas às pesquisas desenvolvidas. Para que a qualidade do texto seja garantida, recomendo a leitura atenta do edital do evento para adequação do texto às normas de submissão, a revisão gramatical e ortográfica cuidadosa da escrita e a organização das ideias com coerência, clareza e coesão. Esses pressupostos certamente ajudam na qualificação do manuscrito e potencializam as chances de sucesso na submissão.

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.