caedjus.com

Como elaborar um currículo acadêmico excelente para a seleção de mestrado e doutorado?

A análise curricular é em geral parte importante do processo seletivo para se ingressar no Mestrado e no Doutorado. Por isso, a construção do seu histórico educacional e profissional deve ter a mesma atenção que todas as outras fases do certame.

É comum que os Programas de Pós-graduação stricto sensu (por exemplo, mestrados e doutorados) incluam no edital diferentes etapas para a seleção de novos alunos (as) como prova de proficiência em línguas, prova escrita sobre conteúdo previamente disponibilizado, carta de intenção, anteprojeto ou projeto de pesquisa, entrevista e também a avaliação do currículo do candidato (a).

Todas as etapas se integram de forma que o Programa possa conhecer cada pretendente e consiga analisar quem possui uma trajetória de estudos e profissional que mais se alinhe com as áreas de pesquisa da Instituição.

A questão é que muitos acadêmicos (as) não se atentam para a importância de um currículo atraente e arrebatador no processo seletivo para ingressar no Mestrado e Doutorado, e acabam encaminhando um documento pobre de informações, deixando de incluir atividades ou experiências valiosas. Muitos (as) também se sentem inseguros no preenchimento do seu histórico educacional e profissional e algumas questões surgem durante o processo de elaboração do currículo: o que eu devo incluir no currículo para Pós-graduação? Eu só devo apresentar atividades educacionais e profissionais alinhadas com a carreira acadêmica? Como eu construo um currículo acadêmico atrativo?

É comum que durante a escrita do documento os candidatos (as) escrevam demais (incluam informações desnecessárias e até prejudiciais ao processo seletivo) ou de menos (esqueçam de pontuar pontos importantes sobre sua trajetória e habilidades profissionais e acadêmicas, sendo até prejudicados durante o certame). Existem pontos-chave na confecção de um currículo de qualidade e você terá a oportunidade de aprender a construir um e arrasar em seu processo seletivo.

Para enfrentar as principais dúvidas de elaboração de um currículo acadêmico você vai aprender a incluir informações pertinentes no principal formulário solicitado pelos Mestrados e Doutorados no Brasil, o Currículo Lattes.

A intenção é que você construa um histórico pertinente ao seu objetivo e também que você atraia a atenção da banca com um currículo diferenciado.

Mas como construir um currículo excelente?

 

 

O QUE É UM CURRÍCULO ACADÊMICO?

De forma geral, um Curriculum Vitae se compõe pelas informações da trajetória educacional e profissional de uma pessoa, com intuito de evidenciar competências e habilidades para ocupar determinada vaga (por exemplo, de emprego ou curso) pretendida pelo mesmo (a).

No campo acadêmico o currículo também é muito utilizado como etapa de avaliação em processos seletivos de Mestrado e Doutorado. O padrão nacional de registro da vida pregressa e atual dos estudantes e pesquisadores no Brasil é o Currículo Lattes, que é uma base única de currículos utilizada pela maior parte das instituições de pesquisa e fomento do país. Encontra-se disponível para preenchimento na plataforma Lattes do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Trata-se de um cadastro gratuito, que evidencia a construção da imagem da vida e trajetória profissional do cadastrado, registrando suas experiências profissionais, oportunizando o cadastro de publicações de artigos e produção intelectual de professores, estudantes, pesquisadores e cientistas.

Este modelo foi pensado nos anos 80 quando os dirigentes do CNPq se preocuparam com a criação de um formulário padrão para registro dos currículos dos pesquisadores brasileiros. Com esta plataforma, seria possível a avaliação do currículo do pesquisador, uma base de dados para seleção de consultores e especialistas, e a formulação de estatísticas sobre a distribuição da pesquisa científica no Brasil.

Foi em 1999 que o Currículo Lattes foi padronizado como formulário de currículo a ser utilizados no âmbito do Ministério da Ciência e Tecnologia e CNPq. Desde 2002 o CNPq criou a rede ScienTI, formada por Organizações Nacionais de Ciência e Tecnologia e outros Organismos Internacionais, com intuito de fortalecer a troca de informações e experiências entre os participantes. O CNPq também passou a licenciar o software gratuitamente e ofertar consultoria técnica para a implantação do Currículo Lattes em outros países da América Latina.

Neste artigo, eu vou apresentar um passo a passo para que você aprenda a construir um Currículo Lattes excelente que te ajude a:

  1. Ser reconhecido como um candidato (a) que tem uma trajetória acadêmica atrativa;
  2. Evidenciar as principais experiências acadêmicas e profissionais de sua trajetória;
  3. Aumentar radicalmente as chances de causar uma boa impressão em bancas de seleção de mestrado/doutorado;
  4. Aumentar muito as chances de ser aprovado em processos de seleção de bolsas de pesquisa, projetos e eventos acadêmicos como o CAED-Jus;
  5. Aumentar bastante as chances de conseguir um financiamento para a sua pesquisa.

Se você ainda não percebeu que a primeira impressão é a que fica e que seu currículo precisa ser arrasador na avaliação curricular, então está é a chance de você aprender a elaborar um histórico acadêmico e profissional relevante, pertinente e expressivo!

QUAIS INFORMAÇÕES BÁSICAS EU PRECISO SABER SOBRE O CURRÍCULO LATTES?

Se você é estudante de graduação ou pós-graduação e tem interesse de seguir carreira acadêmica precisa ter acesso a algumas informações básica sobre o Currículo Lattes:

  1. Quem pode ter um Currículo Lattes? A Plataforma Lattes é indicada para pessoas que atuam na área da pesquisa acadêmica (como estudantes, professores, pesquisadores, por exemplo), mas nada impede a sua utilização fora do campo acadêmico;
  2. Qual a importância do Currículo Lattes no meu processo seletivo para ingressar no Mestrado ou Doutorado? A Plataforma possibilita a avaliação do candidato quanto a sua produtividade e relevância, auxilia na melhor visualização do histórico acadêmico e profissional com as linhas de atuação do Programa;
  3. Qual a relevância do Currículo Lattes para acessar benefícios no meio acadêmico? As agências de fomento em geral consultam a Plataforma para avaliar a produção científica do candidato (a);
  4. Como o Currículo Lattes pode me auxiliar durante a minha trajetória acadêmica? A inclusão das atividades acadêmicas na Plataforma fortalece o seu currículo para vagas de bolsa de pesquisas, eventos e projetos acadêmicos;
  5. De que forma o Currículo Lattes pode ajudar em relação a visibilidade da minha produção intelectual? A Plataforma Lattes pode ser acessada de qualquer lugar do Brasil e permite a inclusão de diferentes autores que façam parte de algum projeto acadêmico, o que facilita e promove as trocas entre pesquisadores e grupos de pesquisa;
  6. Existe um número de páginas mínimo para o Currículo Lattes? O tamanho de seu currículo está relacionado ao menor ou maior número de experiências acadêmicas e profissionais que você tenha vivenciado em sua trajetória, por isso é importante iniciar o seu cadastro desde a graduação para não perder informações importantes de sua caminhada.

Para a começar o seu cadastro ou atualização na Plataforma Lattes preparamos para você um passo a passo bem didático que vai te auxiliar muito para a fase de avaliação curricular nos Programas de Mestrado e Doutorado.

PASSO A PASSO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM CURRÍCULO LATTES

Confira o passo a passo para a construção de um currículo acadêmico excelente para as seleções de Mestrado e Doutorado:

 

# PASSO 01: FAÇA O SEU CADASTRO NA PLATAFORMA LATTES

O primeiro passo é realizar o seu cadastro na Plataforma Lattes http://lattes.cnpq.br/web/plataforma-lattes/. Basta clicar em “Cadastrar Novo Currículo”. O seu currículo estará vinculado ao seu CPF. O processo é dividido em cadastro, informação pessoal, endereço e contato, formação acadêmica, atuação profissional e área de atuação.

Algumas informações solicitadas neste processo:

  1. Nacionalidade e e-mail;
  2. Senha (será solicitado que você digite os caracteres que vão aparecer em uma imagem na página);
  3. Dados pessoais: nome e sobrenome (é possível a inclusão de nome social – de acordo com o Decreto 8.727/2016, o usuário travesti ou transexual poderá optar apenas pela exibição do nome social nas buscas públicas do Currículo Lattes), país e data de nascimento (cidade/UF), sexo e cor, CPF, número de identidade, passaporte, nome e sobrenome do pai e da mãe;
  4. Endereço: residencial (incluir telefone e celular), profissional (incluir telefone e celular), eletrônico, outra forma de contato e redes sociais;
  5. Idiomas: inclua os idiomas a partir do seu nível de proficiência em leitura, fala, escrita e compreensão;
  6. Prêmios e títulos honoríficos recebidos: este item pode ser a cereja do bolo do seu currículo, por isso caso você tenha alguma experiência neste sentido não esqueça de incluir! (por exemplo, premiação destaque em artigos e projetos profissionais e acadêmicos durante sua trajetória);
  7. Outras informações relevantes: você pode incluir por exemplo sua participação em um coletivo, uma comissão ou associação, pode inserir uma atividade voluntária, ações que possam evidenciar seu engajamento em diferentes áreas, como social, cultural ou comunitária.
  8. Você terá a oportunidade de incluir sua foto de perfil (lembre-se que estamos falando de um currículo acadêmico, então seja coerente na escolha da foto).

É importante que você mantenha seus dados atualizados. Após o cadastro você poderá atualizar suas informações clicando em “Atualizar Currículo”, e incluindo suas informações de login (CPF ou e-mail) e senha.

 

# PASSO 02: FAÇA UMA APRESENTAÇÃO ARRASADORA

Ainda na parte de Dados Gerais você vai incluir o resumo, ou seja, a sua apresentação. Este texto é muito importante em um processo de seleção em Programas de Pós-graduação, pois é o seu cartão de visitas, sua forma de apresentar os principais destaques de sua trajetória acadêmica e profissional.

Quer algumas dicas para escrever o seu resumo? Anote aí:

  1. Inclua sua formação e o nome das instituições por onde você passou (inicie pelo seu maior título);
  2. Cite a instituição ou instituições que você esteja vinculado no momento do cadastro (escreva a sua função na organização);
  3. Cite suas áreas de pesquisa (quais seus temas de interesse?);
  4. Evidencie os grupos acadêmicos em que esteja vinculado (como coletivos, grupos de pesquisa e estudos, comissões. A versatilidade é um ponto importante!).
  5. Você ainda pode incluir prêmios, intercâmbios, produção destaque, por exemplo.

Lembre-se que você precisa ser coerente, ou seja, demonstrar sempre a relação do seu histórico de estudos e vida profissional com as áreas de interesse da Instituição. Escreva um texto arrasador, mas não minta! E faça uma boa revisão no texto, fuja dos erros de gramática e concordância.

 

# PASSO 03: EXPONHA SUAS EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS E ACADÊMICAS DE FORMA ATRATIVA

Exponha suas experiências profissionais e acadêmicas na parte Formação e Atuação. Neste espaço você terá a oportunidade de incluir suas formações acadêmicas/titulações e formações complementares e sua atuação profissional, com foco na área acadêmica.

Como organizar este tópico?

  1. Na parte de formação acadêmica insira o nome da instituição, curso, ano de início e conclusão (caso você já tenha mestrado ou doutorado precisa incluir o título da pesquisa e o nome do orientador);
  2. Quanto a Formação Complementar aproveite para colocar todos os seus cursos de curta duração e de extensão (você precisa mostrar que está vivenciando diferentes experiências acadêmicas, que participa de eventos e que tem interesse em se atualizar e se aprofundar no conhecimento da sua temática e em outros campos do saber também. Invista nas suas atividades extraclasse e na diversificação!);
  3. Insira suas experiências profissionais, principalmente as que estejam alinhadas a sua área de interesse acadêmico como membro de corpo editorial, comitê de assessoramento, revisor de periódico, revisor de projetos de agência de fomento (são atividades que o acadêmico pode vir a desempenhar, principalmente quando ingressa em Programas de mestrado e doutorado);
  4. Você também pode incluir seus temas de interesse na parte Áreas de Atuação. É um espaço para que você possa elencar por ordem de prioridade as áreas de conhecimento em que atua.

Esse tópico é muito importante porque a banca está interessa em saber se as suas experiências acadêmicas e profissionais estão alinhadas com a linha de pesquisa pleiteada, por isso seja coerente. Lembre-se de incluir informações completas e cada uma delas em seu campo específico.

 

# PASSO 04: ILUMINE SUAS PRODUÇÕES ACADÊMICAS

Os Programas de Pós-graduação também são avaliados pela produtividade acadêmica dos discentes e docentes. Investir em publicações e participação em eventos acadêmicos pode determinar sua vaga em um processo seletivo.

Quer saber como investir em sua produção intelectual e inserir no Currículo Lattes?

  1. No tópico Eventos inclua sempre sua participação em seminários, conferências, feiras, olimpíadas, congressos, apresentação de trabalhos (suas atividades antes e durante o mestrado e doutorado são muito importantes para o Programa de Mestrado e Doutorado);
  2. No tópico Produções você tem muitas opções de incluir suas produções bibliográficas como artigos publicados ou aceitos para publicação, artigos publicados em anais de eventos, livros e capítulos de livros, texto publicado em jornal e revista, apresentação de trabalho e palestra, entre outros;
  3. É possível incluir também produções técnicas como assessoria e consultoria, curso de curta duração ministrado, produção de material didático ou institucional, editoração, relatório de pesquisa, entrevistas na mídia, redes sociais, entre outros);
  4. Outros tipos de produções são as de cunho artístico e cultural;
  5. A Plataforma ainda possui a opção de incluir patentes e registros, inovação e produções na área de educação e popularização de Ciência e Tecnologia;
  6. Você ainda tem dois tópicos importantes de Orientações e Bancas (se você possui esta experiência de orientação na graduação e pós-graduação ou de participar de bancas de trabalho de conclusão de curso e/ou de comissões julgadoras, elas também são valiosas para o Programa de Mestrado e Doutorado).

Estamos falando de um currículo que precisa ser constantemente atualizado durante a sua trajetória acadêmica a partir das suas novas experiências, invista tempo para manter seus dados na Plataforma Lattes sempre atualizados.

 

Ah! Mas não se esqueça desta listinha do que não fazer

  1. Mentir (valorize suas potencialidades e habilidades, mas não minta sobre sua trajetória, aliás o objetivo da participação no Programa é agregar novas experiências acadêmicas);
  2. Esquecer de revisar o texto (não encaminhe o texto sem uma boa revisão de português);
  3. Incluir experiências profissionais que não tenham relação com a pesquisa (você pode sim enriquecer o texto com outros tipos de experiência, mas seja preciso e pertinente nessas escolhas para que estejam alinhadas com seus estudos e com a linha de pesquisa pleiteada)

Mantenha seu Currículo Lattes atualizado, basta entrar no sistema e clicar em “Atualizar Currículo”, após inclua login (CPF ou e-mail) e senha. Não se esqueça de salvar as novas informações e clicar em no termo de adesão e se aceita a publicação em inglês do currículo, no final só apertar em “Enviar ao CNPq”. Quando precisar, você poder exportar seu currículo para imprimi-lo.

 

 

CURRÍCULO LATTES E PRODUTIVIDADE

Espero que tenha aproveitando esse passo a passo, pois não se encontra facilmente por aí.

A questão é que aprender a construir um Currículo acadêmico atrativo vai te ajudar muito no processo seletivo dos diversos Mestrados e Doutorados, mas também de outras atividades como na busca de financiamentos para sua pesquisa, projetos e eventos acadêmicos.

Por exemplo, você pode ter que apresentar seu Currículo Lattes para processos seletivos de coordenação de GT em eventos, participar de grupos de pesquisa, livros e coletâneas, fator que conta muito na sua produtividade acadêmica.

Por isso não perca tempo, utilize esse passo a passo para organizar melhor suas experiências acadêmicas e profissionais e aumente sua produtividade! Não tem como fugir! Para ter um currículo arrasador tem que ter conteúdo, por isso invista em publicações e participação de eventos de qualidade para abrilhantar o seu Currículo Lattes!

São exemplos de produções acadêmicas bastante valorizadas:

  1. Membership em associações nacionais e internacionais
  2. Artigos em revistas
  3. Livros
  4. Capítulos de livros
  5. Apresentação de trabalho em evento
  6. Artigos de opinião em veículos de comunicação

Não perca mais tempo. Agora é o momento de colocar esse passo a passo em prática. Coloque sua trajetória acadêmica no currículo e amplie suas experiências acadêmicas e percursos formativos, use essa estratégia para aumentar sua produtividade, isso abrirá portas para você.

 

QUER SABER COMO COMEÇAR A PRODUZIR AGORA?

Sem dúvidas os eventos do Conselho Internacional de Altos Estudos em Direito (CAED-Jus) podem auxiliar a sua produção acadêmica agora mesmo.

Os eventos do CAED-Jus podem contribuir pelo menos com o seguinte:

  1. Membership em associação internacional
  2. Apresentação de trabalho em evento
  3. Participação em evento
  4. Publicação de trabalho como capítulo de livro impresso
  5. Oportunidade para doutorandos atuarem como Coordenadores de GT/organizadores de livros.

 

Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

 

ALGUMA RECOMENDAÇÃO DE LIVRO?

Separei alguns livros que podem ajudar no processo de formulação do seu problema de pesquisa.

 

Como se faz uma tese – Umberto Eco

 

 

A arte de pesquisar: Mirian Goldenberg

 

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe em suas redes sociais.

 

Sobre a autora:

Danielle de Araújo

Consultora em Educação e Gestão Social, Criadora do Blog Escrita Acadêmica Sem Mistério, Doutoranda e Mestra em Estado e Sociedade na UFSB, Especialista em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos na ENSP/FIOCRUZ, Advogada formada pela PUC/RJ. Membra da Comissão de Diversidade e enfrentamento à intolerância da OAB Subseção Eunápolis – BA. Membra do Grupo de Pesquisa Paidéia – Laboratório de pesquisa transdisciplinar sobre metodologias integrativas para a educação e gestão social. Professora da Faculdade Nossa Senhora de Lourdes e Pitágoras.

 

______________________________________________________________________________________________

 

 

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.