caedjus.com

04 PASSOS PARA TRANSFORMAR SEU FICHAMENTO EM RESENHA DE LIVRO

Como transformar fichamento em resenha

O desenvolvimento da escrita acadêmica acontece com a prática. É o exercício que torna nossa escrita mais qualificada. Sem experiência às vezes, quando nos vemos diante do computador com um arquivo novo ainda vazio pode ser que nos invada uma sensação de insegurança, medo e talvez seja difícil escolher um caminho por onde começar. 

Mas não precisa se desesperar!

Você não precisa começar a publicar por um artigo ou uma revisão de literatura, por exemplo, dependendo do barema do Programa, você pode pontuar publicando outros tipos de textos acadêmicos como resumos, resumos expandidos, relato de experiência e também resenha de livros.

Para saber mais sobre os tipos de Programas de Pós-graduação no Brasil, clique aqui.

Já pensou em aproveitar suas múltiplas leituras e transformar seus fichamentos em resenhas de livros? Escrever uma resenha de um livro que você leu ou esteja lendo pode ser uma ótima estratégia de escrita acadêmica para documentação e/ou publicação. 

Você aproveita a leitura para, de forma escrita, extrair as principais ideias de um autor (a), além de avaliar, elogiar ou criticar um livro (ou em outros formatos como filmes, uma exposição de pinturas, um CD, sites e outros). 

A escrita da resenha deve ser direcionada tanto para quem conhece pouco da obra quanto para leitores mais bem informados sobre o livro, devendo manter a lógica de formalidade, precisão, clareza e objetividade.

Agora, reflita sobre suas tantas leituras dentro do universo acadêmico e perceba como é possível aproveitar também esse potencial para fortalecer a sua trajetória acadêmica. Reconhecer o valor das suas múltiplas leituras requer maturidade intelectual para avaliar as partes do livro, podendo até recomendar ou não o mesmo.

Para isso, é importante que o texto construído seja atrativo, reflexivo e principalmente, significativo.

Mas…

Como começar a escrever uma resenha de livro que possa ser publicado e se tornar um diferencial nas seleções de mestrado/doutorado?

Neste artigo, eu vou apresentar um passo a passo para que você aprenda a elaborar uma excelente resenha de livro que te ajude a:

  1. Ser reconhecido como um candidato (a) que tem uma trajetória acadêmica atrativa, capacidade crítica e de síntese;
  2. Construir um Currículo Lattes com publicações significativas;
  3. Aumentar radicalmente as chances de causar uma boa impressão em bancas de seleção de mestrado/doutorado;
  4. Aumentar muito as chances de ser aprovado como um coordenador de GT no CAED-Jus;
  5. Aumentar bastante as chances de conseguir um financiamento para a sua pesquisa.

Se você não compreendeu ainda a grande oportunidade de ampliar suas chances de entrar em um mestrado e doutorado valorizando suas diferentes leituras, essa é a sua oportunidade de mudar a sua visão!

COMO ORGANIZAR MEUS FICHAMENTOS PARA PUBLICAÇÃO?

O processo de fichamento permite que você selecione as informações úteis e relevantes de uma obra.

Que tipos de fichas posso construir? Anote aí:

  1. Resumo: você deve selecionar as ideias, argumentos e partes principais do texto, tendo foco em redigir de forma compreensível o pensamento do texto;
  2. Citações: sabe aquele trecho que você não consegue ou não quer escrever com as suas palavras porque traduz exatamente o que você gostaria de dizer? Estas partes você pode separar literalmente, destacar as aspas e guardar o número de página;
  3. Bibliográfica: é uma parte importantíssima de todo o processo, não adianta organizar os pensamentos dos textos, sem aguardar as referências completas (isso será fundamental na hora da formatação do texto);
  4. Comentário: se na hora da leitura você tiver algum insight, aproveite para registrar fazendo referência às ideias do autor lido.
  5. Esboço: outra opção é esquematizar as ideias do autor fazendo registro do número de página lido.

É fundamental este tipo de exercício para que o acadêmico (a) construa um corpo teórico sólido. Você poderá utilizar o que registrou para outros tipos de produções acadêmicas, como a resenha. Lembre-se de ter cuidado com a segurança deste material (é sempre bom ter uma cópia na nuvem para impedir a perda).

Agora que tal transformar todo esse material registrado no seu computador em texto publicável?

O QUE É UMA RESENHA DE LIVRO?

A resenha é um texto discursivo, de leitura fácil e interessante, escrito de forma concisa, organizada, externalizando uma síntese na obra lida, e que de maneira personalizada traz a visão do autor (a) sobre determinada a mesma, finalizando com uma crítica de contextualização do texto dentro da área do conhecimento em questão. 

Em geral, algumas revistas acadêmicas limitam o tempo de publicação do livro, por exemplo, lançamento no Brasil e exterior nos últimos cinco anos. 

A resenha pode ter entre 5 (cinco) a 10 (dez) páginas, e deve manter relação de pertinência temática com as áreas de pesquisa da revista. 

ESQUEMA BÁSICO DE UMA RESENHA DE LIVRO

Cada texto acadêmico tem a sua lógica e organização própria de escrita, isso não é diferente com a resenha de um livro. É importante que você saiba como se organiza o esqueleto do texto para que isso facilite a sua escrita e a aceitação para a publicação. 

Confira esse esquema básico que pode te ajudar no processo:

  1. Apresentação da obra (incluir informações gerais que constam na ficha catalográfica do livro); 
  2. Descrição do conteúdo do livro (escrever com as suas palavras uma visão geral da obra); 
  3. Avaliação das partes do livro (realizar uma análise e exposição mais minuciosas dos aspectos mais relevantes do texto); 
  4. Recomendação (dar uma opinião positiva ou negativa do texto).

Seguindo esse roteiro fica mais fácil transformar suas leituras em escrita pertinente para publicação acadêmica. 

Você está esperando o que para começar a organizar seus textos e escrever suas resenhas? 

O QUE A RESENHA NÃO É

Apesar de ser um texto em que se tem maior liberdade para expor suas impressões, não confunda uma resenha com um:

  1. Resumo (texto conciso que apresenta de forma genérica os objetivos, fundamentação teórica, metodologia e resultados de uma pesquisa);
  2. Ensaio (texto mais extenso e livre, com mais profundidade bibliográfica sobre diferentes obras, é um texto argumentativo que defende uma tese);
  3. Artigo (texto mais extenso, que requer rigor metodológico e densa discussão a partir de fundamentação dos dados apresentados);
  4. Comentário técnico especializado (destinado mais precisamente a pessoas que conhecem muito bem a obra e temática discutida);

Portanto, fique bem atento para não confundir os tipos de textos acadêmicos e comprometer a sua publicação. Para te auxiliar na construção de uma resenha organizei um passo a passo que vai te guiar a estruturar os parágrafos do texto, ampliando assim as chances do mesmo ser aceito para publicação.

PASSO A PASSO PARA ESCREVER UMA RESENHA DE LIVRO

Confira o passo a passo para redigir uma resenha de livro publicável no âmbito acadêmico, e que pode ampliar suas chances de aprovação em seleções de mestrado e doutorado:

# PASSO 01: CONTEXTUALIZE O LEITOR SOBRE A OBRA

Sobre o que escrever nos primeiros parágrafos da resenha? 

Trata-se do momento de apresentação do livro, trazendo informações sobre os autores, suas credenciais e autoridade para tratar sobre assunto, além de incluir quem é o leitor-alvo da obra.

Quer algumas dicas para organizar a parte inicial da sua resenha?

  1. Informe a referência bibliográfica completa da obra e o local em que a mesma pode ser consultada (autor, título, número de edição, editora, local da obra, ano, ISBN, e se for o caso incluir o nome do tradutor);
  2. referências sobre o autor (formação, vínculo institucional, outros livros escritos, qual sua visão de mundo, por exemplo);
  3. Contextualize o livro no campo de estudos da revista ou chamada (faça um diálogo com a área que você for publicar o texto).

Essa fase de apresentação da obra e do autor é fundamental para a contextualização do seu texto dentro de um campo de estudos e também para que o leitor possa se localizar sobre qual o gênero da obra que está sendo resenhada.

# PASSO 02: SINTETIZE O CONTEÚDO DA OBRA

Desenvolver o processo criativo para investigação científica leva tempo! Por isso, esse exercício da resenha pode te ajudar muito na construção de outros tipos de textos acadêmicos, auxiliando assim no seu depoimento e produtividade. Não é fácil, mas faça o exercício de escrever com as suas palavras um resumo da obra lida.

Algumas dicas que podem te ajudar nessa fase são:

  1. Apresente uma visão geral do livro (de forma genérica informe como a obra se organiza, quais são os capítulos e tópicos que possui, qual a intenção da mesma);
  2. Resuma os tópicos do livro (quais os assuntos principais tratados? Quais objetivos, conceitos, teses do autor? Qual o percurso metodológico que o autor escolhe?);
  3. Inclua material extratextual (sim, você pode trazer conteúdos de fora da obra que dialoguem com ela, mas sem perder o foco no texto principal)

Este é o momento de falar do livro da forma mais neutra possível, pois estamos falando de uma apresentação inicial, que requer o máximo de detalhes possíveis dentro do número de páginas previstas no total.

# PASSO 03: FAÇA UMA EXCELENTE AVALIAÇÃO APRECIATIVA DA OBRA

Depois de apresentar a obra, o autor e o conteúdo geral do texto você precisa avaliar as partes do livro.

Quer algumas dicas para escrever seu tópico avaliativo?

  1. Realce pontos específicos do texto (lembre-se que você tem poucas páginas, por isso vá direito ao ponto principal abordado pelo autor (a));
  2. Construa argumentos a partir da sua própria leitura (aqui se evidencia sua capacidade reflexiva, por isso não cite a opinião de outros comentaristas);
  3. Aponte méritos e defeitos da obra (nesse momento você pode recomendar, desqualificar ou até sugerir a leitura apesar das falhas apontadas).

Lembre-se de evidenciar o que o autor (a) deveria ter discutido mais ou não deveria ter abordado da forma que fez, quais os equívocos do conteúdo, organização do texto e parte metodológica. Seu grau de problematização e capacidade analítica se manifestam principalmente aqui, por isso, aproveite o tópico para criar novos insights.

# PASSO 04: EVIDENCIE A IMPORTÂNCIA DA OBRA NO CAMPO DE ESTUDOS 

Para finalizar a resenha é importante que você evidencie a contribuição da obra dentro da área de estudos que ela pertence, levando em conta toda a construção de argumentos feita no texto até aqui.

Como organizar este tópico?

  1. Aponte o balanço final da obra (você pode ser ambivalente, pode destacar pontos positivos e negativos da obra em seu contexto geral);
  2. A obra é original? (dentro do campo de estudos o que ela soma, ou traz de novo? alcançou seus objetivos? mesmo que não seja sua linha de pensamento);
  3. Sinalize os potenciais leitores (é opcional indicar o perfil de leitores que poderiam se interessar pela leitura da obra).

Esse tópico é muito importante porque possibilita que você desenvolva sua capacidade reflexiva, criando novos diálogos e pontos de discussão para futuros leitores ou pode até substituir a releitura da fonte resenhada. 

RESENHA DE LIVRO E PRODUTIVIDADE

O que eu gostaria de evidenciar é que você pode sim começar a produzir textos acadêmicos a partir das leituras que você já tem! 

Se você começar a construir textos acadêmicos a partir das suas leituras, isso vai ajudar no desenvolvimento da sua capacidade de problematização e síntese, auxiliando na escrita de outros tipos de textos.  

Essa capacidade demonstrada em seu Currículo Lattes pode potencializar sua candidatura para o Programa de mestrado e doutorado desejado. 

Logo, aprender a construir uma resenha de livro vai te ajudar muito no processo no seu desenvolvimento acadêmico, e na seletiva dos Programas de Pós-graduação (mestrado e doutorado), mas também de outras atividades acadêmicas.

Por exemplo, além de publicar resenhas de livros em eventos, você pode direcioná-los para publicação em revistas acadêmicas, livros e coletâneas, fator que conta muito na sua produtividade acadêmica. 

Por isso não perca tempo, utilize esse passo a passo para organizar melhor suas leituras e transformá-las em potencial criativo para novos textos, aumentando sua produtividade! 

Segue outros exemplos de produções acadêmicas bastante valorizadas:

  1. Membership em associações nacionais e internacionais
  2. Artigos em revistas
  3. Livros
  4. Capítulos de livros
  5. Apresentação de trabalho em evento
  6. Artigos de opinião em veículos de comunicação

Não perca mais tempo. Agora é o momento de colocar esse passo a passo em prática. Coloque sua trajetória profissional, social e cultural no papel e comece a dar destaque aos seus percursos de vida, use essa estratégia para ampliar sua produtividade acadêmica.

QUER SABER COMO COMEÇAR A PRODUZIR AGORA?

Sem dúvidas os eventos do Conselho Internacional de Altos Estudos em Direito (CAED-Jus) podem auxiliar a sua produção acadêmica agora mesmo.

Os eventos do CAED-Jus podem contribuir pelo menos com o seguinte:

  1. Membership em associação internacional
  2. Apresentação de trabalho em evento
  3. Participação em evento
  4. Publicação de trabalho como capítulo de livro impresso
  5. Oportunidade para pós-graduandos atuarem como Coordenadores de GT/ organizadores de livros.

Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

ALGUMA RECOMENDAÇÃO DE LIVRO?

Separei um livro que pode ajudar no processo de escrita da sua resenha

Introdução à escrita acadêmica – Luís Fernando Lazzarin 

C:\Users\kroton.KL52309084LABNO\Downloads\WhatsApp Image 2021-01-26 at 15.46.17.jpeg

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe nas suas redes sociais.

Sobre a autora:

Danielle de Araújo. Integrante do Conselho Superior CAEDJUS e do Conselho Editorial da Editora Pembroke Collins. Parecerista de eventos e revistas acadêmicas. Consultora em Educação e Gestão Social. Mentora acadêmica e criadora do blog e instagram Escrita Acadêmica Sem Mistério. Doutoranda e Mestra em Estado e Sociedade na UFSB. Especialista em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos na ENSP/FIOCRUZ. Advogada formada pela PUC/RJ. Membro da Comissão de Diversidade e enfrentamento à intolerância, Comissão de Apoio aos Professores, Promoção de Igualdade Racial da OAB Bahia. Membra do Grupo de Pesquisa Paidéia – Laboratório de pesquisa transdisciplinar sobre metodologias integrativas para a educação e gestão social. Professora da Faculdade Nossa Senhora de Lourdes e Pitágoras. Editora-assistente da Editora CLAEC –  Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura.

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.