caedjus.com

Entrevista com Ricardo Russell – Coordenador de GT do CAED-Jus 2022

O entrevistado da vez é o professor Ricardo Russell

Ricardo Russell é Defensor Público Federal, Professor Efetivo do IFPE, mestre e doutorando em Direito, especialista em Ciência Política. É autor de 32 artigos publicados em periódicos, 5 livros e 21 capítulos de livros. É também coordenador do GT 4 – Solução de conflitos e processo do CAED-Jus 2022.

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Sou professor há 13 anos, atividade que realizo em conjunto como minha função como Defensor Público Federal. Incialmente, ensinei na inciativa privada em faculdades de Direito e em cursos preparatórios para concurso e desde 2015 leciono na rede pública como professor efetivo do IFPE. Em virtude da minha atuação como professor, tive que me qualificar. Assim, fiz quatro especializações, mestrado e estou concluindo o doutorado.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAED-Jus?

Sou entusiasta do CAED-JUS por causa da sua flexibilidade, das amplas oportunidades que ele oferece em um só evento e do seu rigor na escolha dos palestrantes e coordenadores. Assim, já apresentei trabalho em mais de 10 eventos realizados pelo CAED-JUS e CAEDUCA, o que me oportunizou ter também mais de 10 trabalhos publicados em livros pela Pembroke Collins, o que foi essencial para me ajudar a atingir as metas de publicações do meu doutorado.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

O meu GT tem como tema a “Solução de conflitos e processo”, que é uma temática essencial para investigar o acesso à justiça, assunto tradicionalmente estudado pelos processualistas e que é tão atual, tendo em vista que o Brasil é um país extremamente desigual, onde não existe uma efetiva paridade de armas nos conflitos que chegam ao judiciário. Além disso, o acesso à justiça é uma temática que ganhou voz em todo o mundo, principalmente depois dos estudos de Mauro Cappelletti e Bryant Garth.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que outras dicas você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

Minha sugestão é simples: leiam muito, escrevam muito e submetam muitos trabalhos para publicação. Muitas vezes deixamos de escrever e publicar algo com medo do insucesso. Entretanto, só conseguimos avançar nas nossas publicações na medida em que efetivamente vamos escrevendo e submetendo nossos artigos. Volta e meia vamos receber um não, mas pode ser justamente a partir de uma negativa que vamos conseguir fazer as melhoras necessárias para chegar ao nível de qualidade desejado.

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.