caedjus.com

Entrevista com Daniel Machado Gomes – Coordenador de GT do CAED-Jus 2021

O entrevistada desta vez é Daniel Machado Gomes

Daniel Machado Gomes tem pós-doutorado em História do Direito pelo IHGB (2019). Doutorado em Filosofia pelo IFCS, da UFRJ (2015). Mestrado em Ciências Juridico-Civilísticas pela Universidade de Coimbra, Portugal (2003). Graduação em Direito pela UCP (1999). Desenvolve pesquisas na área de Teoria e História dos Direitos Humanos. É líder do grupo de pesquisa Lei, Justiça e Direitos Humanos no qual coordena o projeto “Direito e Direitos Humanos em Perspectiva”. Atualmente é coordenador do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Direito da UCP (Mestrado), lecionando na linha Fundamentos da Justiça e dos Direitos Humanos. Atua na Graduação em Direito desde 2000, tendo ministrado as disciplinas de Filosofia do Direito, Direito Civil e Metodologia da Pesquisa. Foi Coordenador Geral de Pesquisa e Publicações do Centro de Ciências Jurídicas da UCP e Coordenador do Curso de Direito da FACHA. Coordena também o Núcleo de Direitos Humanos e Mediação da UCP.

É autor da obra O Direito nos Ensaios de Montaigne, pela editora Multifoco. É também Coordenador do GT Teorias e Pesquisas Empíricas do CAED-Jus 2021.

Confira a entrevista:

1) Você foi selecionado(a) para coordenar um dos Grupos de Trabalho do CAED-Jus. Nos conte um pouco como foi a sua trajetória acadêmica até esta seleção.

Sou doutor em Filosofia pela UFRJ e coordeno o Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Católica de Petrópolis. Desde que ingressei como professor do mestrado, venho participando regularmente dos eventos do CAED, enviando colaborações desenvolvidas em coautoria com meus orientandos. Penso que o CAED atua como importante canal para a veiculação de novas ideias e propostas no campo jurídico. E a principal marca do evento é o apreço absoluto pela liberdade de pensamento e opiniões dos autores. Portanto, trata-se de uma iniciativa muito relevante e corajosa no contexto em que estamos vivendo.

2) O que mais lhe chamou atenção no CAED-Jus?

A diversidade de visões e métodos, a liberdade acadêmica com que o evento é conduzido e, sobretudo, a seriedade dos processos avaliativos em cada etapa do Congresso.

3) A temática do seu GT é fundamental para pensar o direito de maneira interdisciplinar. O que você concebe como principal desafio da sua temática?

O principal desafio da temática de meu GT é popularizar e divulgar estudos de teoria do direito. Trata-se de campo que possui amplo espectro de possibilidades, admitindo muitos métodos diferentes de abordar o direito, mas exige preparo. Não é simples promover pontes entre campos do saber. De toda forma, nos últimos anos, temos assistido com satisfação um incremento considerável de trabalhos dedicados às mais variadas vertentes da teoria do direito.

4) Bom, outras pessoas vão se espelhar em você para participarem das próximas iniciativas do CAED-Jus. Que outras dicas você daria para que possam produzir textos de qualidade e inovadores?

No meu entender, na maior parte dos casos, para que surjam textos de qualidade e inovadores, é fundamental a orientação de algum professor, porque a docência atua como um elo na cadeia da produção científica. É parte do trabalho do professor apresentar aos orientandos diferentes possibilidades de encaminhamento dos textos, desconstruir lugares comuns e reposicionar os conhecimentos prévios. Assim, enxergo no professor a pedra angular do processo de produção intelectual e, com isso, rendo minha homenagem aos mestres do Brasil!

 

Gostou da entrevista? Não esqueça de comentar e compartilhar.

 

A propósito, você já submeteu seu trabalho ao próximo evento do CAED-Jus? Você pode acessar o site do CAED-Jus em www.caedjus.com/eventos e se inscrever no próximo evento programado com um artigo de sua autoria. Aproveite esta oportunidade!

 

Posted in

CAED-Jus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.